Arquivo mensal: novembro 2012

Um repeteco!

Olá!

Coisa boa, bonita e que faz bem a gente repete….? 😉

Eu adoro o Natal e sou apaixonada por dois gráficos que comprei ano passado para o Natal, o casal Noel. Em 2011 eles apareceram por aqui pra comemorar o primeiro ano do Blog e foi objeto do primeiro sorteio que fizemos. A felizarda foi a querida Ana Paula, do Atelier Caseiro, o que estreitou nossa amizade. Meses depois fui ao Sul conhecê-la pessoalmente e foi muito gostoso ver os dois quadrinhos lá na casa da Aninha. 🙂
20121115-110806.jpg
Em 2012 o casal Noel volta, repaginado e por um motivo super especial: as Bonequeiras sem Fronteiras! A querida Andrea Cordeiro convocou algumas Bonequeiras pra preparar uma surpresa pro grupo e imediatamente pensei neles!

Rapidamente empunhei linhas, agulha e bastidor em prol dessa causa que muito me emociona e orgulha!
20121115-111700.jpg
Pra dar um ar novo, esse ano resolvi fazê-los com o gorro em vermelho metalizado. Um charme só! 😉
20121115-111804.jpg
E pra emoldurar com mais carinho e amor, tecidos! Fiz um panô, mas com um ar de “porta retrato”, deixando-os juntinhos! Que tal?

20121115-110405.jpg
Esse vai juntar-se a outros mimos que outras Bonequeiras prepararam, mas….
O que vocês acham de um panô como esse pra sortear novamente em 2012 pra comemorar o segundo ano do blog?
Espero a resposta de vcs!

Beijinhos!

Anúncios

Batismo de Bonequeira

Olá!

Participar do grupo Bonequeiras sem Fronteiras me deixou apaixonada por bonecas. Essa semana a Andrea Cordeiro, coordenadora do grupo, me falou que a Nina Veiga viria pra Fortaleza dar um curso de bonecas Waldorf. Já era apaixonada pelas bonecas Waldorf, mas nunca havia me movimentado pra aprender a fazê-las pois já imaginava que era difícil. Mas, com a vinda da Nina a Fortaleza, vi a oportunidade de aprender a fazer essa boneca linda.

Durante a oficina descobri que a boneca Waldorf não é uma simples boneca. Ela é um brinquedo pedagógico e apesar da beleza dela, que dá vontade de deixa-la só exposta, ela é feita pra brincar mesmo! E isso é sensacional!

Tudo nela tem uma razão de ser. A forma como ela é feita, os materiais que usamos e até mesmo o rostinho dela tem uma razão de ser como é: sem nariz e olhos e boca bem pequenos.

Participar dessa oficina me fez voltar a ter contato com o pensar psicológico, com reflexões e fundamentos teóricos e práticos do desenvolvimento infantil que me fizeram apaixonar pela psicologia infantil e dos quais me afastei por circunstâncias diversas.

Foi muito gostoso ouvir a Nina falar, e ao mesmo tempo, fazer a minha boneca. É como um filho que vai sendo gerado….
20121104-092555.jpg
Aos poucos ela vai tomando forma…. O rostinho começa aparecer e a gente vai se apaixonando, imaginando como ela vai ser, tal qualquer um filho!
20121104-092618.jpg
Precisamos da ajuda de outras pessoas durante esse processo, pra garantir que tudo vai ficar bem…
20121104-092633.jpg
Até que ela toma forma, surge, nasce!
Dá uma enorme sensação de felicidade, prazer e missão cumprida!
20121104-092650.jpg
Essa “fazeção”, como diz a Nina, é literalmente suada e cansativa. Foram 16 horas compactando lã, algodão, costurando, puxando e repuxando linha, tudo com muito cuidado, carinho e paciência.
E agora a Filó está aqui em casa, me fazendo companhia! 🙂
20121104-092528.jpg
Além da Filó, o Nico, o boneco que a Nina fez durante a oficina e que foi doado pelo grupo para o Bonequeiras sem Fronteiras, também está aqui em casa.
20121104-092704.jpg
Ele vai ficar hospedado aqui até a próxima ação das Bonequeiras, em Recife, quando irá para o seu dono. O difícil vai ser controlar essas duas “crianças”….
A primeira noite foi tranqüila…
20121104-103337.jpg
No dia seguinte já começaram a aprontar junto com o Sr. Ajudante! Imaginem a bagunça que eles já estão fazendo juntos! 😉
20121104-103348.jpg
Beijinhos!