Arquivo mensal: julho 2012

Vamos terminar tudo?

Olá!

Dizem, e eu acredito nisso, que não é bom deixar coisas por terminar ou assuntos por resolver… É energia parada que não faz bem. A energia precisa circular!

Então, depois que voltei da viagem a SP, como eu estava com várias coisinhas ainda sem lugar pra guardar e precisava de uma arrumação no armário pra fazer caber tudo, resolvi arrumar o armário grande do quarto de costura. Tirei tudo de dentro e fui separando nas caixas. Depois, pra organizar melhor tudo, etiquetei as caixas. Ficou até legal. Pelo menos agora consigo encontrar melhor as coisas quando precisar. 😉
20120722-172957.jpg 20120722-171850.jpg
Durante essa arrumação encontrei muitos trabalhos iniciados e não terminados, os terríveis UFOs (unfinished objects). Tantos foram os projetos não terminados que tive que separar uma caixa só pra eles! :-/

Então o desafio agora é terminá-los! Colocar essa energia pra circular e esvaziar essa caixa!

20120722-170649.jpg

Pra começar esse trabalho de terminar, escolhi um mapa mundi antigo, com monstros, sereias e Netuno que comecei a bordar ainda em 2011. Hoje pela manhã terminei! =)
20120722-170642.jpg
Lindo não? Me apaixonei por esse gráfico quando o vi pela primeira vez na revista Cross Stitcher.

Agora estou atacando o SAL Cottage Cakes, lembra? Logo mostro ele por aqui!

Beijinhos!!!

Anúncios

Frio, cores e texturas

Olá!

Mesmo morando numa cidade cuja temperatura media fica em torno dos 30°, tenho fascínio com lãs. Como elas não são usuais por essas bandas, não encontro muita diversidade delas aqui em Fortaleza. Na última vez que fui a Curitiba comprei alguns novelos e deles surgiram luvinhas sem dedinhos que presenteei amigos, além de enviar algumas pro projeto Bonequeiras sem Fronteiras.

20120717-080250.jpg

Nessa minha viagem pro RS e SP, aproveitei pra comprar mais! 😉
Ainda na viagem surgiu o primeiro cachecol, que foi um presente pra Isabella, uma amiga de Belém que estava em SP também.

20120717-080218.jpg

Na volta, uma amiga programou uma viagem ao Chile pra esse mês. Não pestanejei! Escolhi uma lã marrom super macia. Ao toque, ela parece que é de camurça. Uma delícia! Pra dar um ar mais feminino ao pesado marrom, fiz essa rosa que aprendi com a Flávia Castanheira lá de SP.

20120717-080225.jpg

Aí a Simone lembrou que vai viajar com a família pra Gramado, onde também está frio nessa época do ano. Entre as lãs que trouxe da viagem, nenhuma é muito infantil. Queria fazer algo alegre e colorido pra proteger o Guilherme e o Rafael do frio. Então comprei umas lãs de cores bem vivas: verde e azul.

20120717-080230.jpg

Tomara que os meninos curtam a viagem, o frio e os cachecóis! 😉

Beijinhos!

Devo, não nego!

Olá!

Desde que comecei a levar a sério a “brincadeira” de costurar, sempre que posso, gosto de fazer eu mesma os presentes para os amigos.

20120712-081541.jpg

Admito: estou devendo o presente de algumas amigas que fizeram aniversário em junho e julho… “Shame on me”… Sei que isso não vai me redimir, mas desde o fim de maio venho pensando nelas e no que fazer para presenteá-las. Entre uma coisa e outra, decidi por bordar uma frase pra cada uma delas, o que me trouxe outro desafio: que frase?

20120712-081526.jpg

Busca daqui, busca dali…. Encontrei duas das quais gostei muito.

A primeira bordei duas vezes pra presentear duas mulheres fortes, que admiro, e em torno das quais se formaram duas belas famílias. Não poderia ser diferente, como a própria frase o diz. 🙂

20120712-081534.jpg
Optei por usar cores fortes e bem diferentes das que estampam o tecido.

20120712-081520.jpg
Dá pra ver que usei linha roxa….?

Escolhi a segunda pra frase pra bordar pra uma amiga que tem um coração gigante!

20120712-081551.jpg
Em torno dela também se formou uma linda família, e não há dúvida de que ela também é uma mulher que ama! Mas o que nos fez nos encontrarmos está muito bem dito na frase de Cora Coralina.

20120712-081546.jpg
O vermelho, cor do amor, foi escolhido propositadamente.

Quando finalizar as peças mostro pra vcs! 😉

Beijinhos!

Um diário de férias

Dia 01
Saí de Fortaleza e fui direto pra Porto Alegre, no sul do país, onde fui encontrar com a Ana Paula do Atelier Caseiro. Fui recebida com muito carinho. Foi bem legal encontrar pessoalmente uma amiga que até então era apenas virtual. Com o início do inverno, passeamos a pé na fria Porto Alegre por lojinhas e ateliês muito charmosos e fofos. Tudo lindo e de muito bom gosto. Já no começo da viagem, meus olhos começaram a se encher de lindezas!
20120703-211735.jpg

Dia 02
O frio dá uma preguiça né? Confesso que a coragem de sair da cama quentinha era bem pequena, mas estava de férias e não podia ficar o tempo todo debaixo dos cobertores! Sim, vários! Porque nordestino não aguenta muito frio!
Conheci o Atelier da Maria Fê e depois fomos ao centro. Almoçamos no Mercado municipal e depois partimos pra Taquara. Lá encontrei uma casa muito agradável, um friozinho gostoso e pessoas muito simpáticas e de coração quente. Pra jantar, um bom churrasco gaúcho acompanhado de um bom vinho.
20120703-211745.jpg

Dia 03
Mais um dia que amanheceu preguiçoso… Difícil me acostumar com frio de 12° quando se vive numa cidade que a temperatura mínima é 24°…. Mas consegui levantar! Não resisti e comprei alguns novelos de lã. Sei que onde moro não usamos lã, mas elas são tão lindas e tão fofas e é tão bom trabalhar com elas que não resisti! Ah! Também não resiti a uns sapatinhos fofos da Picadilly… Super macios e confortáveis!
A noite fria me fez querer fazer alguma coisa com as lãs lindas e deliciosas que havia comprado. Fiz um par de luvas enquanto assistia à novela. 😉

Dia 04
Parti pra Farroupilha pra encontrar Rodolfo e Grazi, um casal de amigos muito querido.
Eles me levaram pra dar uma volta pela região das serras gaúchas e mais uma vez meus olhos se encheram de lindezas… No fim da tarde, chimarrão e pinhão pra ajudar a passar o frio. A noite, churrasco gaúcho com direito a costelão e um bom vinho. Ah! O garçom trouxe pra mesa as bandeiras do RS e do CE, só pra aumentar a minha saudade de casa, que nessa altura já pesava…..
20120703-211752.jpg

Dia 05
Partimos pra cidade de Gramado por volta das 10:30. Na estrada, lindas paisagens e chimarrão. Tri legal! Já tinha visitado Gramado, mas cerca de 20 anos atrás… Foi muito bom voltar à essa cidade. Tudo lá é lindo e charmoso. Almoçamos na rua coberta. A opção foi sopa no pão, pra ajudar a aquecer o frio de 18°.
20120703-211802.jpg
No fim do dia, visita ao Mini-mundo. Fato: não importa a idade que se tenha, ir ao Mini-mundo é sempre uma diversão só! Depois fomos a cidade vizinha de Canela e passamos numa loja fofa de decoração. Mais lindezas pros meus olhinhos! No fim do dia, despedida dos amigos com um abraço forte e a certeza do carinho.
20120703-212925.jpg

Dia 06
Preguicei bastante pela manhã no hotel. Aproveitei o tempo pra começar um cachecol com uma linha matizada que havia comprado em Taquara. À tarde peguei o ônibus de volta pra Porto Alegre, onde encontraria novamente com a Ana Paula. Na estrada, lindas paisagens, crochet e algumas lágrimas. Saudade de casa….
À noite, crochet, chimarrão e pizza na companhia agrádavel da Ana Paula e da Judite, a mestra do crochet! Foi muito bom conhecer pessoalmente a mansidão e doçura da Judite! Ah! E de quebra ainda recebi um lindo mimo dela! Adorei!
20120703-212020.jpg

Dia 07
O dia começou preguiçoso (pra não perder o costume) mas ansioso com a ida pra SP! Só consegui tomar café da manhã e fazer mais um pouco de crochet, enquanto esperávamos a hora de ir pro aeroporto. Consegui embarcar com a agulha de crochet, então o tempo de viagem passou num piscar de olhos! Já estava no segundo novelo do cachecol que crescia!
Ainda no aeroporto encontramos com a Isabella, amiga do Pará, do blog Get Crafty Now e partimos pro hotel. O clima mais ameno em SP me deixou mais confortável, mas a saudade de casa já estava quase insuportável. Check in feito, malas no quarto, partimos pra almoçar e depois começar nosso roteiro de compras de fofurices! A primeira parada foi na loja Kikikits. Fofurices pra todos os lados! Depois de algumas horas admirando as lindezas da loja, descobrindo algumas novidades, pagamos nossas contas e saímos as 3, eu, Ana Paula e Isabella, felizes da vida, cada uma com sua sacola de compras fofas!
De lá partimos pra casa da Paty, onde fofocamos muito sobre artesanato e jantamos.
20120703-212721.jpg

Dia 08
O dia começou no agradável bairro da Liberdade. Lá nos encontramos com a Flávia Castanheira dA Pata Madrinha, que foi nossa parceira nos 3 dias de andanças. Sem ela, sem dúvida, tudo seria bem mais difícil.
O bairro da Liberdade é um charme só. Livrarias, mercadinhos, lojas de eletrônicos, de produtos de beleza e restaurantes. Tudo com o ar do japão. Achei tudo um encanto só!
Almoçamos no Iti­ri­ki Orien­tal Food, encontramos com a simpática Rafaella e partimos pra Rua 25 de março, o paraíso das compras! 😉
Fomos em muitas lojas e compramos muita coisa, mas pra mim o ponto alto foi a loja do Fernando Maluhy, onde quaaaaase enlouqueci com os tecidos! Um mundo de tecidos lindos e que me deixaram com os olhinhos brilhando! Lanchamos as famosas esfihas do Rafúl e encontramos e papeamos com a simpatissíssima Iara Passerotti. Pena que o encontro foi rápido… mas adorei conhecê-la! Voltei pro hotel muuuuuuito cansada e muuuuuuito feliz com os meu tecidos e outras coisinhas mais…. 😉
20120703-211812.jpg

Dia 09
Dia de ir pra Mega Artesanal! E esse foi o motivo principal de toda a viagem! A maior feira de artesanato da américa latina! Pelo que vimos lá, a feira não podia ter outro nome. É MEGA mesmo! Filas gigantes pra chegar lá, pra entrar, pra fazer cursos, pra comer…. mas vale a pena! Nesse dia minhas compras foram basicamente de materiais de scrapbook: carimbos, perfuradores, moldes, marcadores… Mas claro que não consegui ficar só nisso! Algumas novidades como um termocolante de silicone e o tecido adesivo foram algumas novidades que trouxe pra testar. No fim do dia, no hotel, eu só via aumentar a quantidade de sacolas e fiquei pensando em como levar tudo pra casa…. Fato: teria que comprar outra mala.
20120703-211829.jpg

20120703-212812.jpg

Dia 10
Dia pra fazer as últimas compras, incluindo a mala extra pra levar tudo pra casa. Adorei a Av. Paulista. Aliás, um símbolo da cidade e que é bem a cara dela mesmo. Todos sempre com pressa, com algo pra resolver, negócios a tratar. Um clima gostoso de coisas se resolvendo, acontecendo. Demos uma passada rápida novamente na liberdade, na 25 de março e almoçamos no charmoso Mercado Municipal. Um lugar muito agradável, com cores lindas e encantadoras de frutas, verduras, temperos e condimentos.
20120703-211953.jpg
Retornamos pro hotel. À noite a Paty nos ofereceu um delicioso churrasco e finalmente pudemos reunir todas: Ana Paula, Flávia, Rafa, Bárbara, Isabella, Paty e eu! Ah! Nessa noite terminei o cachecol! Aquele que havia começado no hotel em Farroupilha! A Flávia fez uma rosa de crochet e me ajudou a deixar ele mais fofo ainda! Foi um presente pra Isabella, pra ela usar quando voltar a São Paulo no ano que vem… 😉
20120704-084026.jpg

Dia 11
Dia de voltar pra casa. Café na manhã pluri regional entre amigas (paulista, paraense, gaúcha e cearense) na Bella Paulista e uma passada na Livraria Cultura pra dar uma olhada nos livros…. Não resisti! Comprei dois com coisas lindas e idéias fofas.
No fim do dia, na hora de embarcar, um misto de saudade das pessoas que conheci, com uma saudade enorme das pessoas que ficaram em Fortaleza. Embarquei com uma pontinha de tristeza e ao mesmo tempo aliviada por voltar pra casa….
Ah! E louca pra chegar em casa e abrir a minha “mala mágica”! 😉
20120703-212819.jpg

Beijinhos!